sábado, 5 de abril de 2008

A importância do pH na vida dos seres humanos.

- Defiinição:

O ph é o símbolo abreviado para a grandeza físico - química chamada "potencial hidrogeniônico". Na química, o ph é o número que indica se uma solução é ácida (ph<7) ph="7)">7), os valores variam de 0 a 14. O pH é uma característica de todas as substâncias, determinado pela concentração de íons de hidrogênio (H+). O ph de uma substância pode variar de acordo com sua composição, concentração de sais, metais, ácidos, bases, substâncias orgânicas e da temperatura.

- Medida de pH:


Hoje em dia já existem vários aparelhos que permitem determinar o pH de uma determina solução, os chamados medidores electrónicos de pH, que são bastantes úteis e facilitam em muito o processo. O início da medição eletrométrica do pH é a determinação da atividade iônica do hidrogênio utilizando o eletrodo padrão de hidrogênio, que consiste de uma haste de platina sobre a qual o gás hidrogênio flui a uma pressão de 101 kPa. O eletrodo de hidrogênio, não é bem adaptado para uso universal especialmente em trabalho de campo ou em soluções contendo espécies químicas contaminantes do eletrodo.



- Alguns valores de pH:






- pOH:

pOH é o símbolo para o potencial hidroxiônico. Para encontrar o valor do pOH , calculamos o valor do logaritmo negativo de base 10 da concentração molar de hidroxilas [OH-]. De acordo com a constante de dissociação da água que tem o valor de 10-14 à temperatura de 25 °C.




O pH na vida dos seres humanos.

- O pH do sangue humano tem que estar em seu limite ideal de 7,4 para absorver os minerais necessários à saúde daquele indivíduo. Qualquer alimento sólido, ou líquido, que prejudique o equilíbrio do pH ideal estará comprometendo a saúde. Assim, o pH do sangue humano está inteiramente relacionado à saúde. Uma pequena variação do pH dá oportunidade a uma redução do seu sistema imunológico, dando oportunidade para que seres vivos prejudiciais à nossa saúde, como vírus, bactérias, fungos, que vivem em meios ácidos, com pH abaixo de 7,0 proliferem e encontrem ambiente propício para sobreviver. A maioria das pessoas que tem câncer apresentam um pH no tecido de 4,5. Esse ambiente é pobre em oxigênio e muito propício para instalação de câncer. Dr. Otto Warburg da Alemanha duas vezes laureado, ganhou o seu primeiro Prêmio Nobel pela descoberta de que o câncer se desenvolve em ambiente de menor quantidade de oxigênio e esse ambiente é criado quando o pH é baixo. Quando o pH do sangue está baixo, as gorduras são aderidas às paredes das artérias causando doenças do coração.As doenças causadas pela tireóide é resultado da deficiência do mineral iodo. Esse elemento só é absorvido pelo o organismo quando está com o pH ideal. Por isso, na sociedade atual é freqüente encontrar pessoas com doenças da tireóide, porque atualmente valoriza-se alimentos que proporcionam ao organismo um ambiente de pH baixo. Em resumo, estando o pH do nosso sangue abaixo da normalidade 7,4 estamos propensos a todos os tipos de doenças: Câncer, artrite, diabetes, doenças do coração, fadiga crônica, alergias além de doenças causadas por vírus, bactérias e fungos. Uma maneira de manter o seu pH é evitar alimentos com pH baixo, como café (em torno de 4,0), refrigerante (em torno de 2,0), cerveja (varia de 2,5 a 4,2 dependendo da marca). Açúcar é um grande rebaixador de pH. Uma água mineral de boa qualidade pode suprir todas essas carências.
-



Concluimos, que quando o seu organismo tem deficiência mineral, você está sem saúde. Quando o pH do seu sangue está abaixo do normal, você está propenso a qualquer tipo de doença.



fontes:

http://www.mibasa.com.br/artigo_gravata.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/PH


Um comentário:

Callado67 disse...

PArabéns, meninas. O texto poderia ter sido mais conciso, entretanto sua abordagem é bem louvável. Continuem assim.